sábado, 19 de março de 2016

Quatro anos se passaram...

Já passam das 22 horas e só agora encontrei tempo para sentar na frente do computador e fazer o que mais gosto: escrever. Hoje sinto-me na obrigação de rabiscar, ou melhor, digitar, algumas palavras, pois há exatamente quatro anos eu realizava a primeira postagem aqui neste espaço. Não poderia então, deixar esta data passar em branco. Parece que foi ontem, mas já se passaram quatro anos...
Uma noite de insônia pode ser muito produtiva. Foi exatamente na madrugada de segunda-feira, 19 de março de 2012, que eu tive uma ideia maluca, que logo em seguida tornou-se um sucesso. Sempre gostei de escrever, mas faltava um espaço para isso. Para resolver esse pequeno problema, resolvi criar este blog, inicialmente para falar de História. O tempo passou e comecei a investir em crônicas e contos. Ano passado, iniciei minha segunda graduação, desta vem em Direito, mas ainda não me sinto seguro para postar assuntos relacionados ao meio jurídico.
Com o passar desses anos, percebi que mais importante do que as quase 116 mil visualizações da página é ter um espaço onde eu posso treinar constantemente minha escrita. Isso traz muitos benefícios, pois na hora de escrever um artigo ou qualquer outra produção literária ou acadêmica, não sinto a menor dificuldade para colocar as palavras no papel. Portanto, ter um blog é unir o útil ao agradável. Além do mais, creio ser o único professor aqui de São Luiz a utilizar essa ferramenta continuamente há tanto tempo.
Ser acessado todos os dias e de todos os continentes não era meu objetivo e nem nas minhas melhores expectativas poderia imaginar isso. Mas pelo visto as pessoas gostam do que eu escrevo (nem todas, porque recebo críticas também). Meu muito obrigado aos amigos, colegas e alunos que acompanham o blog, como também àqueles que acessam das várias partes do Brasil e do mundo, os quais eu não faço a menor ideia de quem sejam e o que fazem da vida. Não sou um profissional da literatura, mas gosto muito de escrever nas horas vagas ou quando a inspiração aparece, pois isso me faz bem!
Peço desculpas aos leitores, pois sei que poderia escrever um texto bem melhor para comemorar a passagem desta data. Mas o dia de hoje foi extremamente puxado e cansativo, e como tinha o intuito de postar algo para lembrar dos meus quatro anos na “blogosfera”, isso foi o máximo que consegui produzir!