terça-feira, 28 de julho de 2015

Waterloo: da derrota de Napoleão ao sucesso do ABBA

O general Napoleão Bonaparte foi um dos maiores estrategistas da História. Visto como o homem capaz de apaziguar tanto a burguesia quanto os camponeses, assumiu o poder na França em 1799, dez anos após a Revolução Francesa abolir o poder monárquico. Porém seu governo foi extremamente autoritário e sua política externa expansionista desagradou os vizinhos da França.
Semeando informações de que a República estava em perigo, Napoleão corou-se imperador em 1804, para livrar a França das ameaças estrangeiras que desejavam restaurar a monarquia no país. Tal possibilidade era verossímil, pois as demais realezas europeias temiam que o exemplo francês se repetisse em suas nações.
Enquanto Napoleão conquistava boa parte da Europa, a Inglaterra liderava um levante para retirá-lo do poder. Derrotava as forças do general no mar, afinal, possuía a marinha mais poderosa do mundo, mas sofria grandes baixas por terra, onde o exército francês era imbatível. Impossibilitado de dominar os ingleses, Bonaparte decretou o Bloqueio Continental, proibindo qualquer país europeu de comercializar com a Inglaterra, na tentativa de desestabilizá-la e dessa forma, dominar por completo o continente. Quem desrespeitasse tal norma seria invadido pelos franceses, como ocorreu em Portugal e na Rússia.
Aliás, foi na Rússia que Napoleão começou a perder o seu poder. Invadiu o país durante o inverno, quando as temperaturas ultrapassavam facilmente os 30º C negativos, encontrando plantações destruídas propositadamente, para que os invasores não dispusessem de suprimentos para se manter. O fracasso em terras russas enfraqueceu o exército napoleônico e mostrou aos seus inimigos que ele poderia ser vencido. Dessa forma, em 1814, Napoleão, pressionando por forças estrangeiras, abdicou do trono e aceitou o exílio na ilha de Elba, localizada no Mediterrâneo e hoje pertencente à Itália.
A monarquia então foi restabelecida na França e muitas conquistadas oriundas da Revolução Francesa foram abolidas, para descontentamento geral da população. Aproveitando esse clima de instabilidade, Napoleão retornou após dez meses, aclamado pelo povo e assumiu o poder novamente, por um período que duraria apenas cem dias. Contudo, a Inglaterra mantinha o seu desejo de destituir definitivamente o governante francês e tal fato se concretizou em 18 de junho de 1815, na batalha de Waterloo, na Bélgica. Derrotado mais uma vez, Bonaparte foi exilado na ilha de Santa Helena, uma possessão inglesa localizada no Atlântico Sul e a monarquia francesa fora restituída novamente.
Porém, a famosa batalha não ficou registrada apenas nos livros de História. Em 1974, o grupo pop sueco ABBA lançou um disco chamado Waterloo, que continha uma canção homônima. Essa música foi responsável por alavancar a carreira internacional da banda, fazendo muito sucesso nos Estados Unidos e é claro, na Inglaterra, antes de se espalhar pelo resto do mundo.
Batalha de Waterloo