terça-feira, 17 de abril de 2012

A América para os americanos!

O título da postagem refere-se a Doutrina Monroe, elaborada pelo presidente dos Estados Unidos, James Monroe, em 1823. Ela defendia o princípio da "América para os americanos", reconhecendo a independência e soberania dos países da América Latina. Além do mais, visava impedir a influência europeia na região, tornando assim os Estados Unidos o protetor de toda a América.
Analisando detalhadamente a frase, pode-se perceber quais eram os reais interesses da Doutrina Monroe. Americanos são todos aqueles que nascem nas Américas, mas o pessoal dos Estados Unidos costuma se denominar assim, como se fossem os donos de todo o continente. Para quais americanos seria a América, então?!
A Doutrina Monroe deve ser entendida, literalmente, como a "América para os estadunidenses". Sim, quem nasce nos Estados Unidos é estadunidense, e a tal doutrina defendia exclusivamente, ainda que de forma velada, os interesses dos Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.