terça-feira, 27 de março de 2012

Isso é um comunismo!

Ao conversar com uma pessoa que já passou dos 50 anos de idade, você terá a oportunidade, mais cedo ou mais tarde, de escutar a célebre frase: "isso é um comunismo!". 
Me criei ouvindo minha avó falar isso. Quando eu aprontava alguma coisa, era chamado de "comunista". Hoje o Big Brother Brasil, os amassos da novela das nove, a defasagem do salário e tantas outras coisas são consideradas, por ela, um comunismo. Há uns dez anos, até o FHC era comunista. Pode isso? Na época eu não sabia o que o termo significava, mas tinha certeza que não se tratava de boa coisa.
Esse conceito de relacionar comunismo com algo que não prestava foi lapidado no imaginário das pessoas no auge da Guerra Fria (anos 50, 60 e 70), pois temia-se que o regime socialista da União Soviética se espalhasse pelo mundo. Era preciso assustar a sociedade, nem que para isso se fizesse necessário dizer que os comunistas comiam criancinhas. E o marketing foi tão bem feito que passou a designar fatos simples do cotidiano.
Certo dia, estava escutando um programa na rádio local, quando um senhor entrou ao vivo, por telefone, para reclamar das condições de certa estrada vicinal. O radialista perguntou ao ouvinte em que estado se encontrava a via e ele proferiu: "está um comunismo isso aqui!". 
O mais contraditório disso tudo é que o tal COMUNISMO  nunca existiu! O que se verificou durante a Guerra Fria foi o SOCIALISMO e não o comunismo. O socialismo seria a transição do capitalismo para o comunismo, transição essa que nunca ocorreu, pois a União Soviética se desintegrou antes!
No socialismo, os meios de produção pertenciam ao Estado (governo), já no comunismo, como o próprio nome diz, eles seriam comuns a todos. Nem nas Missões Jesuíticas isso ocorreu, como alguns gostam de dizer, pois era tudo pertencente ao Rei da Espanha!
Então, se você for chamado de comunista, pode ter certeza que está levando uma bronca!


3 comentários:

  1. Estive visitando o teu blog.
    Bem-vindo à blogosfera. Para o bem e para o mal (rrrss...rrrs...). Aqui o vidro derreta e o aço tempera!
    Um abraço, Charles

    ResponderExcluir
  2. Pois é, todos detestam o Comunismo sem ao menos saber do que se trata. O pior foi rotular sistemas que existiram de comunistas quando se tratavam de socialismo mesclado com capitalismo. Afinal, sabemos que num sistema socialista não existe a exploração do homem pelo homem, isto é característico do capitalismo. Infelizmente, as tentativas não obtiveram o êxito desejado e, talvez, possam ter existido sociedades comunistas na época da Pré-História, quando a necessidade de subsistência obrigava o ser humano se preocupar com o próximo.

    ResponderExcluir